grandes jogadores do passado!!

tibenfica

tibenfica

GLORIOSOdosAÇORES
Messages
445
My Satellite Setup
fte max 200*kaon + dream500mirage,em,hispasat
hotbird-nilsat-astra1-sirius
panela 2.30 pois è
My Location
Açores
porke não lembrar não era fora de seri mas vale a pena lembrar não acham?
-----------------MIKI
 
IMA

IMA

Regular Member
Messages
2,084
My Satellite Setup
MIRAGE - SFT 1010 E
My Location
Portugal (Algarve)
Krassimir Balakov

foi um dos melhores jogadores que passou por Portugal, envergando a camisola do Sporting. Dotado de um pé esquerdo absolutamente fabuloso fez vibrar as bancadas de Alvalade e fez parte da equipa búlgara que encantou o Mundo alcançando o 4º lugar no Mundial de 1994. Saíu em conflicto com o Prof. Carlos Queiroz e foi para o Estugarda onde terminou a carreira em 2003, iniciando uma carreira de treinador-adjunto. Agora é o treinador do Grasshoper e é no clube suíço que vou pegar para homenagear este grande jogador. O objectivo passa por chegar ao comando do Sporting e do Estugarda e depois..que o destino me leve para onde ele quiser..tudo em homenagem ao grande Krassimir
 
IMA

IMA

Regular Member
Messages
2,084
My Satellite Setup
MIRAGE - SFT 1010 E
My Location
Portugal (Algarve)
Peter Boleslaw Schmeichel

(Gladsaxe, 18 de Novembro de 1963 - ) é um guarda-redes dinamarquês aposentado. Defendeu por muitos anos a Seleção Dinamarquesa de Futebol, sendo o que mais atuou, 129 partidas. Jogou no Manchester United no fim da década de 90, onde conquistou a Liga dos Campeões . Foi eleito um dos melhores goleiros do mundo em todos os tempos.



Clubes
Gladsaxe/Hero (Dinamarca) (1981-1983)
Hvidovre IF (Dinamarca) (1984-1986)
Brøndby IF (Dinamarca) (1987-1991)
Manchester United (Inglaterra) (1991-1999)
Sporting Clube de Portugal (Portugal) (1999-2001)
Aston Villa (Inglaterra) (2001-2002)
Manchester City (Inglaterra) (2002-2003)

Seleção
1987-2001 - 129 jogos

[editar] Títulos
Campeonato Dinamarquês : 1987, 1988, 1990, e 1991 - Brøndby IF
Copa dinamarquesa: 1989 - Brøndby IF
Supercopa Européia: 1991 - Manchester United
Copa da Liga (Inglaterra): 1992 - Manchester United
Campeonato inglês de futebol: 1992/93, 1993/94, 1995/96, 1996–97 e 1998/99 (temporada) - Manchester United
Campeão Europeu de futebol: 1992 - Dinamarca
FA Charity Shield: 1993, 1994, 1996 e 1997 - Manchester United
Copa da Inglaterra: 1994, 1996 e 1999 - Manchester United
Copa das Confederações: 1995 - Dinamarca
Liga dos campeões: 1998-99 (temporada) - Manchester United
Mundial Interclubes: 1999 - Manchester United
Campeonato Português: 2000 - Sporting Clube de Portugal
Copa Inter-Toto: 2001 - Aston Villa

Títulos Pessoais
Melhor jogado do ano - Brøndby IF (1990)
Melhor jogador dinamarques - 1990, 1993 e 1999
Melhor goleiro do mundo - 1992 e 1993
Melhor goleiro da Europa segundo a UEFA - 1997/1998 (temporada)
Hall da fama do futebol inglês - 2003
 
tibenfica

tibenfica

GLORIOSOdosAÇORES
Messages
445
My Satellite Setup
fte max 200*kaon + dream500mirage,em,hispasat
hotbird-nilsat-astra1-sirius
panela 2.30 pois è
My Location
Açores
Nome completo: Humberto Manuel de Jesus Coelho
Idade: 56 (1950-04-20)
Nacionalidade: português
Internacionalizações: 64
Posição: Defesa Central

Nasceu no Porto, a 20 de Abril de 1950. Continua a ser recordado como um dos mais carismáticos «capitães» de equipa do Sport Lisboa e Benfica, clube onde alinhou durante 16 anos, com um intervalo de dois, no decorrer dos quais esteve ao serviço do Paris Saint-Germain. Conquistou por oito vezes o título de campeão nacional com a camisola encarnada e foi 64 vezes internacional A, 39 das quais ostentando a braçadeira de «capitão». Como treinador teve a sua coroa de glória no Euro 2000, onde levou Portugal às meias-finais. É ainda hoje, um dos símbolos do Benfica e o seu nome foi diversas vezes apresentado como eventual candidato á presidência do Benfica. Jogos: 498 Golos: 81
ai capitão ke falta ke tu fases

 
gil_duarte

gil_duarte

Regular Member
Messages
607
My Satellite Setup
Ouralis 2/Dreambox 500 e 800HD(brevemente)
My Location
Prisão do Linhó
epah o melhor jogador k passou em portugal foi o kutuzov do sporting!!! loool.

concordo km jogadores aí referidos anteriormente kmo o schmeichel e o balakov
 
tibenfica

tibenfica

GLORIOSOdosAÇORES
Messages
445
My Satellite Setup
fte max 200*kaon + dream500mirage,em,hispasat
hotbird-nilsat-astra1-sirius
panela 2.30 pois è
My Location
Açores
Nome completo: José Carlos Nepomuceno Mozer
Idade: 46 (1960-09-19)
Nacionalidade: brasileiro
Posição: Defesa Central

Épocas no Benfica: 5 (87/89 e 92/95)

Jogos: 161
Golos:14

hei mais duro era impoçivel passava a bola mas não passava o homem hehehehehe
 
tibenfica

tibenfica

GLORIOSOdosAÇORES
Messages
445
My Satellite Setup
fte max 200*kaon + dream500mirage,em,hispasat
hotbird-nilsat-astra1-sirius
panela 2.30 pois è
My Location
Açores
Nome completo: Hans Jurgen Stefan Schwartz
Idade: 37 (1969-04-18)
Nacionalidade: sueco
Posição: médio

exelemte meio campo um dos melhores do mumdo
 
tibenfica

tibenfica

GLORIOSOdosAÇORES
Messages
445
My Satellite Setup
fte max 200*kaon + dream500mirage,em,hispasat
hotbird-nilsat-astra1-sirius
panela 2.30 pois è
My Location
Açores
Nome completo: João António Ferreira Resende Alves
Idade: 54 (1952-12-05)
Nacionalidade: português
Internacionalizações: 36
Posição: médio

Jogos:141 Golos: 32


quem não se lembra das famosas luvas
 
tibenfica

tibenfica

GLORIOSOdosAÇORES
Messages
445
My Satellite Setup
fte max 200*kaon + dream500mirage,em,hispasat
hotbird-nilsat-astra1-sirius
panela 2.30 pois è
My Location
Açores
Nome completo: Jonas Magnus Thern
Idade: 39 (1967-03-20)
Nacionalidade: sueco
Posição: Médio Ofensivo

Ex-Glória do SLBenfica Melhor Jogador Sueco em 1989 Jogos:100 Golos:10

sem palavras era um luxo ter um jogador asim
 
tibenfica

tibenfica

GLORIOSOdosAÇORES
Messages
445
My Satellite Setup
fte max 200*kaon + dream500mirage,em,hispasat
hotbird-nilsat-astra1-sirius
panela 2.30 pois è
My Location
Açores
Nome completo: José Augusto Costa Sénica Torres
Idade: 68 (1938-09-08)
Nacionalidade: português
Posição: Avançado

Jogos: 259 Golos: 226


:-worship :-worship :-worship :-worship :-worship :-worship :-worship :-worship :-worship :-worship :-worship não sei como descrever era um matador na area:-worship :-worship :-worship
 
tibenfica

tibenfica

GLORIOSOdosAÇORES
Messages
445
My Satellite Setup
fte max 200*kaon + dream500mirage,em,hispasat
hotbird-nilsat-astra1-sirius
panela 2.30 pois è
My Location
Açores
Nome completo: José Rui Lopes Águas
Idade: 46 (1960-04-28)
Nacionalidade: português
Internacionalizações: 31
Posição: Avançado

Jogos: 237 Golos: 103


bom pomta de lança
 
hu max321

hu max321

Regular Member
Messages
72
My Satellite Setup
Kaon 570
My Location
Portugal
Vitor Damas ou Homem Aranha

Antigo guarda redes da Selecção Nacional, Sporting, Vitória de Guimarães, Portimonense e Racing Santander, Vítor Damas é para muitos o melhor guarda redes português de todos os tempos e, muito provavelmente, o maior símbolo do Sporting pós cinco violinos.

Ao serviço dos Leões de Alvalade, Vítor Damas conquistou dois títulos de campeão nacional e três Taças de Portugal, juntando a isso 52 jogos nas competições europeias - recordista do Sporting, com 6 na Taça dos Campeões Europeus, 16 na Taça dos Vencedores das Taças, e 30 na Taça UEFA - e 29 jogos pela selecção principal portuguesa, onde teve, quase sempre, a grande concorrência de Manuel Bento. Damas entrou no Sporting com 14 anos em 1968 com apenas 18 anos substitui Carvalho estreou-se assim na equipa principal do Sporting, segurando desde logo a titularidade, e abandonou o futebol profissional, aos 41 anos - somando o fantástico record de 743 jogos com a camisola do Sporting -, permanecendo depois ligado ao futebol, na maior parte do tempo, como técnico dos guarda redes do Sporting, ao longo de grande parte da década de 90, mas também como técnico principal do Sporting - seis meses em 1989 -, do Atlético e do Carcavelos.

Eusébio da Silva Ferreira disse, um dia, que Damas foi o melhor guarda redes que defrontou, destacando o facto de ter feito a mais espectacular defesa a um remate seu. Carlos Pinhão, malogrado jornalista de "A Bola", chamava-o o "Eusébio do Sporting", destacando a elegância, os voos e o reflexos deste guarda redes, "mistura de gato e puma".

Morreu 14 setembro 2003 com somente 55 anos, vítima de cancro.
 

Attachments

tibenfica

tibenfica

GLORIOSOdosAÇORES
Messages
445
My Satellite Setup
fte max 200*kaon + dream500mirage,em,hispasat
hotbird-nilsat-astra1-sirius
panela 2.30 pois è
My Location
Açores
Nome completo: Mats Ture Magnusson
Idade: 43 (1963-07-10)
Nacionalidade: sueco
Posição: avançado

Melhor Marcador do Campeonato 89/90 - 33 golos Jogos:164 Golos:84



grande como eu gostava de ver esse homem marcar golos
 
P

PAULOSI

Regular Member
Messages
180
My Satellite Setup
K-box 441332 - C/ Motor Illusion Polar (E)Este : Sirius 2,3 (5ºE) ; Eurobird (9ºE) ; Hotbird (13ºE) ; Eutelsat W2(16ºE) ; Astra (19,2ºE) ; Astra 2a.b,c,c/Eurobird (28,2ºE) Telstar 12 (15ºE).
(W) Oeste: Intelsat 10-02 (1ºW) ; Nilesat (7ºW); Atlantic
My Location
Algures em Portugal
:-rofl2 :-rofl2 Um dos melhores goleadores da Europa que ganhou pelo menos duas botas de ouro e uma de prata o seu nome é Fernando Gomes goleador do F.C.Porto e da nossa querida Seleção :eek: :eek: :eek: :p :p
 
hu max321

hu max321

Regular Member
Messages
72
My Satellite Setup
Kaon 570
My Location
Portugal
António Oliveira

Frases há que se tornam célebres, desafiando a lei do tempo. Numa escola distinta, mas assumindo primordial importância no universo do Sporting, surge a tirada do então médio leonino António Oliveira, imortalizada em placa colocada no antigo estádio – “ Por cada leão que cair outro se levantará! “.

A máxima nasceu a 22 de Março de 1982 ( embora na placa surja uma data diferente: 16 de Maio de 1982 ), em vésperas de um Sporting – Benfica.

Colocava-se em dúvida a capacidade de o Sporting superar o Benfica sem a estrela da companhia. A questão acabou mesmo por ser dirigida ao próprio António Oliveira que respondeu: “ Não sou meia equipa! Se eu não jogar outro jogará tão bem ou melhor do que eu! “ E, as páginas tantas, saiu-lhe a mítica frase proferida num tom... quase profético.

Dias mais tarde, a 28 de Março de 1982, o Sporting recebeu e superou ( 3-1 ) o Benfica, num encontro marcado pelo “ hattrick “ de Jordão, o tal leão que se levantou, e pela agressão de Bento a Manuel Fernandes.

Génio. António Oliveira dominava o espaço entre a linha do meio-campo e a baliza adversária

CAMPEONATO, TAÇA DE PORTUGAL E SUPERTAÇA

Três troféus vestido à Sporting

Quatro são as épocas – de 1981 a 1985 – que António Oliveira passou no Sporting, conquistando três títulos: Campeonato ( 81/ 82 ) e Supertaça ( 81/ 82, apesar desta competição ter sido disputada na época seguinte, como é habitual ).

Natural de Penafiel, António Oliveira chegou a Alvalade em 1981.

Sublime a executar os movimentos que dominava, não podia ser considerado um ponta-de-lança, tão pouco
um extremo ou um médio, abarcando na perfeição todo o espaço que mediava entre a linha que dividia o campo e a baliza adversária. Apontou 27 golos nos 66 jogos que realizou com o leão ao peito no campeonato nacional.

Na sequência do afastamento técnico Malcolm Allison, o presidente João Rocha convida-o, a 17 de Agosto de 1982, para assumir o cargo de treinador, acumulando-o, a 17 de Agosto de 1982, para assumir o cargo de treinador, acumulando-o com as funções de jogador. Não foi feliz e demitiu-se a 24 de Abril de 1983, mantendo-se como jogador até final de 84/ 85, sendo orientado por Josef Venglos e John Toshack.

Desaire com camisa Penafidelense

Saído do Fc porto, Oliveira surpreendeu tudo e todos ao assinar por uma época pelo Penafiel, a equipa da terra dele. O vínculo foi rubricado em Setembro de 1980, sendo válido até ao final de Maio do ano seguinte.

Data nascimento: 1952 - 06 - 10
Número de jogos na selecção: 24
Número de golos na selecção: 7
Primeira participação na selecção: 1974-11-13
Última participação na selecção: 1983-09-21
Equipas onde jogou: F.C. Porto, Bétis, Penafiel, Sporting Clube de Portugal
 

Attachments

hu max321

hu max321

Regular Member
Messages
72
My Satellite Setup
Kaon 570
My Location
Portugal
João Vieira Pinto

João Vieira Pinto - um génio do futebol
que brilhou em Alvalade

Era o pequeno génio, com evidentes conotações encarnadas, quando entrou em Alvalade para delírio dos adeptos sportinguistas.

João Vieira Pinto que, de repente, antes do início do Euro’2000, ficou com a carta na mão para escolher livremente o seu futuro, optou pelo Sporting com a convicção de ter encontrado o melhor clube para realçar uma carreira cada vez mais problemática no outro lado da 2ª circular. Com o leão ao peito, João Pinto recuperou a alegria do jogo e renasceu como um dos maiores talentos da sua geração, bem como da história do futebol português. O seu futuro imprevisível, feito de instinto, toque, drible, movimento inteligente e sentido prático na aproximação à baliza.

Em 2001/02, contribuindo para que Jardel desse largas desse largas ao seu incrível talento goleador, João Pinto puxou dos galões de génio da bola e assinou aquela que foi a melhor época da sua carreira. Também inspirado pelo vastíssimo arsenal de passes milimétricos e preciosidades técnicas daquele que ficou conhecido entre a família verdade branca como” o grande artista”, o Sporting venceu o campeonato e a Taça de Portugal.

João Pinto passou no Sporting quatro épocas, entre 2000 e 2004.

No total das competições oficiais, efectuou 145 jogos de verde e branco, tendo apontado 32 golos, com um parcial de 115 jogos e 28 golos em partidas a contar para o campeonato nacional. Em junho de 2002, depois da expulsão no jogo com a Coreia, na fase final do Campeonato do Mundo, foi suspenso de toda a actividade pela FIFA. Voltou ainda para fazer duas épocas de grande nível, ficando por esclarecer os motivos que o levaram a partir do Sporting.

João Vieira Pinto formou com Jardel uma dupla
de ataque temivel, na caminhada para o título de 2001/02
 

Attachments

hu max321

hu max321

Regular Member
Messages
72
My Satellite Setup
Kaon 570
My Location
Portugal
Pedro Barbosa

Mítico capitão do Sporting Clube de Portugal durante largos anos. Jogador de talento incomparável, abandonou o clube português no final da temporada de 2004/2005. Dono de uma técnica invejável e de uma visão de jogo extraordinária, é admirado por adeptos, treinadores e colegas de profissão, somente criticado pela sua falta de velocidade, o que lhe valeu a alcunha de "pastelão tecnicista". Passou ao lado de uma grande carreira a nível Mundial.

Pedro Barbosa iniciou a sua carreira ao serviço do Vitória de Guimarães, de onde se viria a transferir para o Sporting Clube de Portugal onde, durante muitos anos, envergou a braçadeira de capitão. No total foram dez anos de Leão ao peito.

Pedro Barbosa conquistou dois campeonatos nacionais (1999/2000 e 2001/2002), uma Taça de Portugal (2001/2002) e duas Supertaças Cândido de Oliveira (1999/2000 e 2001/2002), tendo contribuido decisivamente para a espantosa caminhada europeia em 2005 que culminaria com uma derrota na final da Taça UEFA, numa época em que o derradeiro jogo se disputou no estádio Alvalade XXI, a 18 de Maio. Participou no Euro 96 apesar da sua fraca utilização. Em Julho de 2002, após decepcionante participação no mundial Korea&Japan, onde apesar de se ter sagrado campeão nacional e vencedor da Taça de Portugal acabou por não ser utilizado em qualquer um dos 3 jogos disputados pelos 'Tugas', renunciou á sua participação nos trabalhos da selecção nacional Portuguesa que representou em 22 encontros, tendo marcado cinco golos desde a sua estreia a 11 de Novembro de 1992, no jogo Portugal-Bulgária (2-1).

Abandonou a carreira como jogador profissional de futebol a 11 de Agosto de 2005, após 21 anos de prática desportiva como profissional do desporto, deixando em todos os amantes de futebol a saudade da sua classe. Momentos como os que Pedro Barbosa proporcionou dificilmente se esquecerão.

No dia 14 de Julho de 2006, Pedro Barbosa é apresentado como novo Director Desportivo do Sporting Clube de Portugal, regressando assim a Alvalade.

Data nascimento: 1970 - 08 - 06
Número de jogos na selecção: 22
Número de golos na selecção: 5
Primeira participação na selecção: 1992-11-11
Última participação na selecção: 2002-05-25
Equipas onde jogou: V. Guimarães, Sporting Clube de Portugal

http://www.youtube.com/watch?v=ffl_xtHGPFg
 

Attachments

hu max321

hu max321

Regular Member
Messages
72
My Satellite Setup
Kaon 570
My Location
Portugal
Fraguito

Não passava despercebido este centro campista, que deixava tudo em campo. O seu aspecto era pesado, carregado; puro engano, estava em todo lado atrás da bola, sempre pressionante, imprimindo bastante velocidade às acções ofensivas da equipa leonina quando possuía o esférico, onde aliava também uma grande visão de jogo.

Primeira participação na selecção: 1973-11-14
Última participação na selecção: 1976-04-07
 

Attachments

G

guest

Guest



Data nascimento: 1965 - 11 - 24
Número de jogos na selecção: 36
Número de golos na selecção: 4
Primeira participação na selecção: 1987-03-29
Última participação na selecção: 1996-08-31
Equipas onde jogou: Sporting da Covilhã, Varzim, F. C. Porto, Juventus, Mónaco, Marselha



Rui Barros foi campeão nacional de juniores pelo FC Porto em meados da década de 80. No seu percurso juvenil vestira as camisolas do Aliados de Lordelo, o clube da sua terra, do Rebordosa e do Paços de Ferreira. A exemplo de outros, não teve a sorte de subir imediatamente à equipa principal, tendo sido emprestado, para rodar, ao Covilhã (2ª Divisão) e ao Varzim. Ao serviço deste último sagrou-se campeão da Zona Norte da 2ª Divisão. Regressou ao seu clube de coração na ressaca da conquista da Taça dos Campeões Europeus. Lançado por Tomislav Ivic, contribuiu para as vitórias na Taça Intercontinental e na Supertaça Europeia. Neste último jogo, marcou mesmo o único golo com que derrotámos o Ajax, na primeira-mão, na Holanda. Este golo, obtido após uma abertura de Gomes, isolando-o na cara do guarda-redes, resumiu as qualidades que fizeram dele um jogador de eleição na Europa: a rapidez e a técnica. Foi com naturalidade que o vimos partir para a Juventus. Jogou lá dois anos e ainda hoje é considerado uma das velhas glórias da vecchia signora. Em 95 jogos (incluindo campeonato, taça e provas europeias) fez 19 golos, tendo ganho uma Taça de Itália e uma Taça Uefa. Entre 1990 e 1993 jogou no Mónaco (ao lado de Georges Weah, por exemplo) de Arsène Wenger, ao serviço do qual marcou 4 golos na Taça das Taças, contribuindo para a ida à final, que acabaria por perder para o Werder Bremen, em 1992. Na época de 93/94 jogou no Marselha (com Futre), antes de regressar ao FC Porto para ser um dos obreiros do futuro PENTA-campeonato. Foi internacional por 36 vezes (desde 1987 a 1996) e marcou 4 golos ao serviço da selecção.
 
G

guest

Guest



Rabat Madjer
(nascido em Argel, Argélia, a 15 de Fevereiro de 1958) foi um jogador de Futebol do Futebol Clube do Porto: das “Arábias” chegou nos anos 80, aquele que foi provavelmente o melhor estrangeiro de sempre a envergar a camisola azul e branca. Foi determinante na conquista da Taça dos Campeões Europeus de 1987 com um golo de calcanhar que ficará para sempre na história e uma assistência para o brasileiro Juary. De modo semelhante fez o passe para o primeiro golo e marcou o segundo na Taça Intercontinental do mesmo ano. Dono de uma técnica fantástica e de uma alegria contagiante.



http://www.youtube.com/watch?v=7cwsWThYjBE
 
Top